Assinatura RSS

Devassa e as mulheres

Publicado em

Por Cevada

A história da Sandy ser a nova musa da cerveja devassa gerou muita polêmica. Confesso que quando vi também fiquei surpresa. Afinal, uma moça tão comportada, uma quase eterna virgem (aos olhos da mídia e dos que acompanham a mídia), garota propaganda de uma cerveja? Pior, da Devassa! aquela mesma da Paris Hilton que teve comercial vetado pelo Conselho de Autorregulamentação Publicitária (Conar) por causa do “apelo sexual”.

Na época, lembro que me perguntei: mas por que essa propaganda apenas e não todas as outras de cerveja (não só de cerveja, na verdade) que usam imagens de mulheres como objetos sexuais?

E quando vi que a Sandy seria a nova Devassa achei meio ridículo – como muitas pessoas que comentavam por aí. Mas então entendi por que isso me incomodava tanto. Não era só o fato de uma imagem parecer tão distante da outra (mulheres “devassas” e Sandy).

O que mais me impressiona não é o fato da Sandy ser tão “boa moça”, sem pecados, mas o fato da indignação das pessoas existir por acharem que ela não é sexy o suficiente. Meio assim: “Como assim uma “virgem” vai fazer um papel de garota devassa (falando claramente, papel de uma vagabunda)? Ela não é sexy o suficiente”. Quase como se ela não fosse mulher o suficiente.

E as discussões, pelo menos as que vi, se limitam a isso, será que a Sandy dá conta de ser uma devassa ou não?

Já eu acho que a discussão deveria ter outro(s) foco(s): como as mulheres são vistas, como a imagem da mulher é construída, e como encaramos tudo isso? E outra: o que define ser uma mulher “de verdade”?

Não, não gosto da Sandy. Não gosto da música dela e tenho uma tendência a desconfiar de pessoas comportadas demais (mas essa imagem foi uma construção da mídia, vai saber). Não que minha opinião pessoal sobre ela tenha alguma importância nessa momento, mas acho que prefiro ela “boa moça” do que vendida ao mundo “devassa”. Pensando melhor, lendo outros textos sobre o assunto e refletindo com mais calma, percebi que não prefiro, não. Simplesmente não gosto da Sandy virgem nem devassa. Afinal, o machismo é o mesmo de formas (nem tão) diferentes.

Propaganda da Devassa com a Paris Hilton

Propaganda da Devassa com a Sandy

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: